Água Viva - Uma meditação viciante / Clarice Lispector has her own exceptional view on flowers

Clarice Lispector


Eu li este pequeno livro já muitas vezes, encontrando sempre novos pensamentos surpreendentes e empolgantes. Esta obra transborda de sabedoria. É realmente "água viva".

Este trecho sobre as flores somete serve como tira-gosto:

O girassol é o grande filho do sol. Tanto que sabe virar sua enorme corola para o lado de quem o criou. Não importa se é pai ou mãe. Não sei. Será o girassol flor feminina ou masculina? Acho que masculina.

A violeta é introvertida e sua introspecção é profunda. Dizem que se esconde por modéstia. Não é. Esconde-se para poder captar o próprio segredo. Seu quase-não-perfume é glória abafada mas exige da gente que o busque. Não grita nunca o seu perfume. Violeta diz levezas que não se pode dizer.

A sempre-viva é sempre morta. Sua secura tende à eternidade. O nome em grego quer dizer: sol de ouro.

A margarida é florzinha alegre. É simples e à tona da pele. Só tem uma camada de pétalas. O centro é uma brincadeira infantil.

A formosa orquídea é exquise e antipática. Não é espontânea. Requer redoma. Mas é mulher esplendorosa e isto não se pode negar. Também não se pode negar que é nobre porque é epífita. Epífitas nascem sobre outras plantas sem contudo tirar delas a nutrição. Estava mentindo quando disse que era antipática. Adoro orquídeas. Já nascem artificiais, já nascem arte.

Tulipa só é tulipa na Holanda. Uma única tulipa simplesmente não é. Precisa de campo aberto para ser.

Flor dos trigais só dá no meio do trigo. Na sua humildade tem a ousadia de aparecer em diversas formas e cores. A flor do trigal é bíblica. Nos presépios da Espanha não se separa dos ramos de trigo. É um pequeno coração batendo.

Mas angélica é perigosa. Tem perfume de capela. Traz êxtase. Lembra a hóstia. Muitos têm vontade de comê-la e encher a boca com o intenso cheiro sagrado.

O jasmim é dos namorados. Dá vontade de pôr reticências agora. Eles andam de mãos dadas, balançando os braços e se dão beijos ao quase som odorante do jasmim.

Estrelícia é masculina por excelência. Tem uma agressividade de amor e de sadio orgulho. Parece ter crista de galo e o seu canto. Só que não espera pela aurora. A violência de tua beleza.

Dama-da-noite tem perfume de lua cheia. É fantasmagórica e um pouco assustadora e é para quem ama o perigo. Só sai de noite com seu cheiro tonteador. Dama-da-noite é silente. E também da esquina deserta e em trevas e dos jardins de casas de luzes apagadas e janelas fechadas. É perigosíssima: é um assobio no escuro, o que ninguém agüenta. Mas eu agüento porque amo o perigo. Quanto à suculenta flor de cáctus, é grande e cheirosa e de cor brilhante. É a vingança sumarenta que faz a planta desértica. É o esplendor nascendo da esterilidade despótica.

Estou com preguiça de falar da edelvais. É que se encontra à altura de três mil e quatrocentos metros de altitude. É branca e lanosa. Raramente alcançável: é a aspiração.

Gerânio é flor de canteiro de janela. Encontra-se em São Paulo, no bairro de Grajaú e na Suíça.

Vitória-régia está no Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Enorme e até quase dois metros de diâmetro. Aquáticas, é de se morrer delas. Elas são o amazônico: o dinossauro das flores. Espalham grande tranqüilidade. A um tempo majestosas e simples. E apesar de viverem no nível das águas elas dão sombras. Isto que estou te escrevendo é em latim: de natura florum. Depois te mostrarei meu estudo já transformado em desenho linear.

O crisântemo é de alegria profunda. Fala através da cor e do despenteado. É a flor que descabeladamente controla a própria selvageria.

Quero recomendar á todos a leitura de "Águs Viva". Parece ser uma carta ou uma reflexão ou um sonho dedicado á um amor perdido. Mas é muito mais ...

♣ ♣ ♣


Clarice Lispector has her own special and subtle view on flowers. In her wonderful book "Água Viva" she contemplates the beauty and extravagance of the flowers. I translated her text with dedication. In my Clarice Lispectot Blog you can find the original Portuguese text: "Flowers" - texto em português.
___________________________________________________________________________________

The sunflower is the great child of the sun. Both turn their huge corolla towards their creator. It doesn't matter if it is mother or father. I do not know. Is the sunflower male or female? I think male.

The violet is introverted and her insight is profound. They say she hides herself out of modesty. This is not the case. She hides to capture her own secret. Her barely sensible scent is of muggy glory but demands too much of those who seek her. She doesn't shout out loud her perfume. Violet speaks with lightness what no-one else can say.

The evergreen is always dead. Its dryness tends towards eternity. The name in Greek means: golden sun.

The daisy is a jolly little flower. She is simple and down to earth. She has only one layer of petals. The center is a child's playful joke.

The gorgeous orchid is exquisite and dislikable. She is not spontaneous. Requires glass cover. But she is a splendid woman and that cannot be denied. Nor can you deny that she is noble because she is an epiphyte. Epiphytes are born on other plants but don't take away their nutrition. In fact I was lying when I said she is dislikable. I adore orchids. They are born artificial, already born as works of art.

The tulip is tulip only in Holland. A single tulip simply is not. She needs the open field to be tulip.

The cornflower only can live among the wheat. In her humility she has the audacity to appear in various shapes and colors. The cornflower is biblical. In Spanish nativity scenes she is not separated from the wheat. She is a small beating heart.

But angelica is dangerous. She has the scent of a chapel. Causes ecstasy. Reminds of the Host. Many feel like eating her and fill their mouth with this intense sacred perfume.

Jasmine is for lovers. Tempting them to be silent. They walk hand in hand, swinging their arms and kissing each other to the odorant sound of the jasmine.

The bird-of-paradise flower is masculine par excellence. He is of loving aggressiveness and sane pride. Seems to possess a cockscomb and a cock's crow. Only that he doesn't wait for dawn. The violence of his beauty!

Lady-of-the-night has the scent of the full moon. She is spooky and a little frightening, she is for those who love danger. She only goes out at night with her mystifying perfume. Lady-of-the-night is silent. She seeks deserted corners and the darkness of gardens around unlit houses with closed windows. She is dangerous: a whistle in the dark, which nobody can take. But I can endure it because I love danger.

The succulent cactus flower is large, fragrant and of bright color. She is the juicy revenge of a desert plant. She is of despotic sterile splendor.

I'm too lazy to talk of edelweiss. It is found in the heights of 3.400 meters. It is white and woolly. Rarely accessible, it is aspiration itself.

Geranium is the flower for the windowsill. You can find her in Sao Paulo, in the neighborhood of Grajaú and in Switzerland.

Victoria amazonica lives in the Botanical Garden of Rio de Janeiro. Huge and almost two meters in diameter. Aquatic, to die for. She is the Amazon: the dinosaur of the flowers. She spreads profound tranquility. At the same time majestic and simple. And despite living in the water, providing shade.

The chrysanthemum is of profound joy. She speaks by her color and her unkempt hair. She is the flower that tousled as she is, controls her own savagery.


___________________________________________________________________________________

Homenagem á Clarice Lispector + Elysium of Poetry. Informação sobre CL + Information about CL. Clarice Lispector: The Hour of the Star (PEN). Sunflower: David McKibben

Permalink

buy viagra online